Bom senso é a melhor dica para curtir as festas de fim de ano

Com as festas de fim de ano vem também a preocupação com a balança: será que é possível comer bem sem perder a linha e manter uma alimentação saudável? Com certeza, para a maioria dos nutricionistas isso é possível e não precisa ser doloroso.

A primeira dica é fazer um lanche leve antes de sair de casa. A ceia pode ser servida mais tarde, mas aí você não vai exagerar no prato. Outra dica é não misturar carboidratos como, por exemplo, arroz com farofa ou arroz com batata. Escolha o que mais gosta e consuma somente um deles.

Dê preferência a alimentos grelhados e assados. Evite as frituras. Troque a sobremesa por frutas. Os doces à base de leite são, em geral, muito calóricos. Nozes, amêndoas e castanhas são oleaginosas ricas em antioxidantes e fazem bem para o coração. Podem ser consumidas na medida certa. Já panetones com chocolate têm mais calorias que a versão com frutas cristalizadas.

Os nutricionistas Gabriel Alvarenga e Marina Morgado, consultores do site Bodytech, dizem ainda, que as carnes magras (chester, peru, lombo, etc.) são mais saudáveis, e destacam um aspecto importante.

SEM CULPA
“Para quem cuida da alimentação o ano todo e pratica exercícios regulares, sinceramente não serão duas noites do ano (Natal e Ano Novo) fora da “dieta” que irão gerar um
grande problema/prejuízo ou uma “engorda” considerável. Ou seja, o recado é que nestas duas noites cada um deve agir conforme sua vontade e consciência, mas de preferência com bom senso nas quantidades. Se quiser comer os alimentos menos saudáveis e mais calóricos, ok. A questão é que, após as festividades, deve-se voltar cumprir uma boa alimentação e manter os exercícios regulares.”

Fonte: site Hospital viValle e Bodytech