FI nº 557 - Enfrentando a Crise

O mundo está mudando muito e, de repente, tivemos que criar novas rotinas, novas formas de relacionamento, trabalho, diversão e comunicação. Mas aqui na Fibra algumas coisas nunca mudam e não devem mudar. Num momento tão difícil reafirmamos nosso compromisso com os valores e princípios que são a essência da Fibra. Destacamos  a segurança, a transparência e a nossa crença do encontro da excelência técnica com o melhor do ser humano. Estas são forças que sustentam absolutamente tudo que fazemos na Fibra.
 
A Fibra está atenta e acompanhando os impactos desta pandemia e queremos trazer uma mensagem de confiança e esperança, pois esse é o nosso papel.​

Toda a equipe da Fibra está trabalhando em home-office para preservar a saúde dos nossos Colaboradores e Participantes, e, embora a integração e sinergia do contato presencial faça falta, nossos atendimentos e processos seguem a normalidade, sem nenhum atraso, como por exemplo, nos pagamentos de benefícios e nas concessões de empréstimos.​
 
Em relação aos nossos investimentos, ainda que a Fibra tenha superado a meta atuarial no mês de janeiro, nos meses de fevereiro e março o desempenho da carteira refletiu a grande volatilidade e forte queda dos mercados globais. No acumulado do primeiro trimestre de 2020, a rentabilidade ficou negativa em -1,05%, mas já superamos outras crises e não será diferente desta vez. ​
 
Nesse período a carteira de renda variável foi a que mais sofreu, mas a despeito do momento adverso e da parada abrupta da economia global, as demais carteiras de investimentos apresentaram desempenho positivo acumulado no mesmo período.​
 
É importante destacar que a carteira de investimentos da entidade é de longo prazo e composta em grande parte por títulos públicos federais, que possui um fluxo devidamente mapeado de recebimento regular de recursos, o qual foi construído ao longo dos anos a partir dos estudos de ALM - Asset Liability Management (gerenciamento do ativo e passivo) realizados por consultorias especializadas contratadas pela Fundação.​
 
Neste momento de crise, surgem oportunidades que estão sendo avaliadas de forma criteriosa, considerando: (i) o cenário macroeconômico, (ii) o estudo de ALM e (iii) a Política de Investimentos.​
 
Em abril já melhoramos significativamente nossos números, trazendo a rentabilidade acumulada no primeiro quadrimestre para 0,21%, o que vem sendo corroborado nos números parciais de maio. ​
 
Estamos confiantes que a situação voltará à normalidade e continuamos trabalhando com dedicação para que em breve estejamos todos juntos. Permanecemos a disposição em todos os nossos canais para conversar e sanar eventuais dúvidas.​
 
Nosso compromisso com o seu futuro continua inabalável e ainda mais forte.​ Obrigado pela confiança e conte sempre em todos os momentos com a Fibra.